Seinfra inicia pesquisa de mobilidade em Salvador e Feira de Santana

A pesquisa visa contribuir nos estudos de mobilidade, e na melhoria das condições de vida nas cidades em relação ao transporte coletivo e à organização do tráfego.


Publicado no Bahia Notícias


A Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra-BA) informou que a pesquisa de Origem-Destino está em andamento nos municípios de Salvador e Feira de Santana. O levantamento estima a visita de 1.050 domicílios.

A pesquisa visa contribuir nos estudos de mobilidade, e na melhoria das condições de vida nas cidades em relação ao transporte coletivo e à organização do tráfego. Neste mês de julho serão visitados 11 bairros de Salvador e 9 de Feira de Santana.

Os moradores das regiões responderão questionamentos sobre outras diferentes áreas relacionadas com os aspectos sócio-econômicos e de adequado uso do solo. No trabalho de campo, os pesquisadores estarão devidamente identificados e uniformizados para entrevistar as pessoas nas suas residências. Confira os bairros que serão visitados:

  • Em Salvador: Amaralina; Boca do Rio; Caminho das Árvores; Costa Azul; Itaigara e Alto do Itaigara; Jardim de Alah; Jardim Armação; Nordeste de amaralina; Pituba; Santa Cruz e Stiep

  • Em Feira de Santana: Brasília; Capuchinhos; Caseb; Centro; Lagoa Grande; Parque Getúlio Vargas; Ponto Central; Queimadinha e Santa Mônica.

Com previsão de conclusão em um ano, a pesquisa pretende visitar mais de 24 mil domicílios em 19 municípios baianos das regiões metropolitanas de Salvador e Feira de Santana.

A pesquisa será realizada nos seguintes municípios:

  • Região Metropolitana de Salvador (13): Salvador; Camaçari; Lauro de Freitas; Simões Filho; Candeias; São Francisco do Conde; Dias D’Ávila; Vera Cruz; São Sebastião do Passé; Madre de Deus; Pojuca; Mata de São João e Itaparica.

  • Região Metropolitana de Feira de Santana (6): Feira de Santana; São Gonçalo dos Campos; Conceição do Jacuípe; Amélia Rodrigues; Conceição da Feira e Tanquinho.