Totens informarão quanto falta para chegada de ônibus nos pontos

A ideia é que todos os três mil pontos da cidade recebam o equipamento ao longo do ano. Por Amanda Palma


Publicado no Correio*

Começou a instalação de totens de informação com rotas das linhas de ônibus, em dois pontos da capital, na Avenida Bonocô e no Rio Vermelho. Segundo o secretário de Transporte e Urbanismo (Semut), Fabio Mota, os equipamentos devem começar a funcionar nesta sexta-feira (26).

Totens informarão quanto falta para chegada de ônibus nos pontos

Outros oito estão sendo implantados na cidade. “Vai ser possível saber onde os ônibus estão, se saíram da garagem na hora exata. E isso vai ajudar bastante na operacionalização”, diz o secretário. Segundo ele, essas mesmas informações também estarão disponíveis em um aplicativo para smartphones, o que vai facilitar a vida do passageiro.

“O cidadão vai poder acompanhar o ônibus pela cidade e se organizar de casa, por exemplo”, explica. Além disso, uma central de monitoramento na sede da secretaria vai acompanhar a operação do sistema. A expectativa é de que até abril todas as linhas de ônibus da frota de Salvador já estejam disponíveis nos equipamentos.

A ideia é que todos os três mil pontos da cidade recebam o equipamento ao longo do ano. A instalação dos equipamentos faz parte do plano de otimização das linhas, que está sendo implantado a partir de estudos da Semut.

“Pelo fato de Salvador ter ficado 40 anos sem licitação, não foi feito nenhum dado que leve em consideração o trajeto que seja mais rápido, por isso temos linhas muito cheias e outras muito vazias”, diz.

Depois que esse plano for concluído, o Bilhete Único passará a valer por três horas, e não duas, como acontece atualmente. O tempo deve começar a valer no final do segundo semestre de 2015, em toda a cidade, que agora estará dividida em três cores: amarelo para o consórcio Plataforma (Subúrbio), verde para o Ótima (Centro) e azul para o Salvador Norte (Orla).

Esta semana, o secretário anunciou que a partir de 1º de janeiro a passagem aumentará para R$ 3 — reajuste de 7% em relação aos atuais R$ 2,80, levando em consideração o IPCA.