Requalificada, rua que liga praça Irmã Dulce à Colina Sagrada integra Zona 30

Iniciativa readequa a velocidade máxima de algumas vias para 30km/h.


Publicado no A Tarde

Foto: Bruno Concha

Uma das vias que ligam a praça Irmã Dulce às proximidades da Colina Sagrada, na Cidade Baixa, a rua Henrique Dias agora integra o projeto de tráfego Zona 30, depois de passar por total requalificação.

Com 750 metros, a via requalificada foi entregue nesta quarta-feira, 15, pelo prefeito Bruno Reis, acompanhado do subsecretário de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), Lázaro Jezler, e do titular da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), Marcus Passos.

Foram implantados rede de drenagem com 730 metros de extensão, 1 km de meio-fio e 3 mil m² de passeio em concreto. Na via, foram aplicados 8 mil m² de asfalto. O investimento total foi de quase R$ 6 milhões.

“Está sendo realizado um grande sonho dos moradores, que era a requalificação da Henrique Dias. Agora a rua está sinalizada e conta com iluminação em LED. Essa obra ainda tem um valor especial, pois resolve o problema de drenagem tanto desta via como da Rua Biguá”, afirmou o prefeito.

O prefeito ainda anunciou outras ações na Cidade Baixa, como iluminação em LED em toda a região, requalificação do trecho entre o Largo de Roma e o Cantagalo e o projeto de revitalização da Avenida Porto dos Mastros, na Ribeira.

Zona 30

A rua Henrique Dias passa a integrar o projeto Zona 30, que readequa a velocidade máxima de algumas vias para 30 km/h. Com isso, a via recebeu nova sinalização horizontal e vertical, faixas de pedestre, ciclofaixa, novos mobiliários, além de 30 pontos de iluminação em LED.

Em implantação na cidade desde o ano passado, o conceito de trânsito calmo contempla vias na Pituba (40 km/h) e em alguns trechos do Rio Vermelho e da Barra (30 km/h).

Este ano, mais duas regiões passaram a fazer parte da Zona 30 em Salvador: a Baixa do Bonfim e as ruas situadas no entorno do Condomínio Greenvile, em Patamares. O objetivo da prefeitura é entregar ainda este ano oito áreas de Zona 30.