O ObMob Salvador visita a Ilha de Maré em parceria com a Comunidade Quilombola e Pesqueiras

Atualizado: 24 de ago.

O ObMob Salvador se somará aos esforços em conjunto as demais organizações da Sociedade Civil para que ações efetivas sejam tomadas pelo poder público municipal.


Na última quinta-feira (10/03), o ObMob Salvador, a convite da Frente Parlamentar Mista Ambientalista da Câmara de Vereadores de Salvador, participou de visita organizada a Ilha de Maré, em parceria com a Comunidade Quilombola e Pesqueira da Ilha.

Durante a vivência, foi perceptível a violenta e dura realidade imposta à comunidade que vive no local.

Diversos crimes ambientais fragilizam todo o ecossistema da Ilha. Águas, animais, vegetação e o ar estão sendo poluídos e devastados, ocasionando envenenamento da população e impactando sua principal atividade econômica: a pesca.

A falta de oferta serviços básicos, como saneamento básico, postos de saúde e escolas públicas, é notória.

Há um comprometimento da forma de acesso ao local, pela falta de atracadouros em diversos pontos da Ilha, ausência de acessos caminháveis que possibilitem à população da Ilha se deslocar de forma terrestre, ativa e segura em curtas distâncias. Além disso, faz-se necessária a construção de um novo píer no Terminal Marítimo de São Tomé de Paripe, uma vez que o píer atual, após o desmoronamento, está passando por uma revitalização, porém sua estrutura se encontra muito avariada.

Não há mais espaço para que violências e ações de restrições aos direitos sociais desta comunidade permaneçam acontecendo.

O ObMob Salvador, como integrante da Frente Parlamentar Mista Ambientalista, se somará aos esforços em conjunto as demais organizações da Sociedade Civil para que ações efetivas sejam tomadas pelo poder público municipal a fim de implementar soluções efetivas para esse cenário violador.