Governo do estado deposita R$ 250 milhões para construção da ponte Salvador-Itaparica

A Tarde, 07/04/2021

O governo do estado depositou R$ 250 milhões, nesta quarta-feira, 7, no Fundo Garantidor para Construção da Ponte Salvador-Itaparica (Sistema Viário Oeste). A quantia faz parte do compromisso firmado no contrato que prevê a implementação do projeto de Parceria Público-Privada (PPP).

Com quase 12,5 quilômetros de extensão, o equipamento terá investimento de R$ 5,4 bilhões e aporte total do Estado de R$ 1,5 bilhão, sendo destinado a ser a maior ponte sobre lâmina d’água da América Latina. As obras devem começar no final de 2021, com duração de quatro anos.

Durante a construção, estima-se que oito mil novos empregos sejam gerados. A obra ficará a cargo do consórcio vencedor da licitação realizada em 2020, formado pelas empresas China Communications Construction Company (CCCC Ltd), CCCC South America Regional Company (CCCCSA) e China Railway 20 Bureau Group Corporation (CR20).

A expectativa é que a construção da ponte beneficie diretamente aproximadamente 4,4 milhões de pessoas na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Além disso, mais de 5,4 milhões de baianos serão beneficiados indiretamente em outros 100 municípios do Recôncavo e do Baixo Sul do estado.

De acordo com estudo realizado baseado em metodologia do Banco Mundial, a previsão é que os recursos públicos investidos tenham retorno de até 3,6 vezes quando o equipamento estiver em plena operação.

Obra

A ponte contará com duas pistas, cada uma delas com duas faixas e acostamento. Ainda haverá um trecho estaiado de 860 metros. A manutenção e administração do sistema ficará sob responsabilidade do consórcio chinês pelos próximos 30 anos.

No início da operação, a expectativa é que seja atingido um fluxo de 28 mil veículos por dia. Na capital baiana, a ponte será acessada na região de Água de Meninos. Já em Itaparica, a cabeceira do equipamento ficará na região da Gameleira.