Consórcio do monotrilho de Salvador tem até 10 de outubro para assinar PPP

Atualizado: 13 de Dez de 2021

Comissão de Licitação da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) da Bahia publicou o resultado dia 8 de agosto no Diário Oficial. Por ANPTrilhos


Publicado na ANPTrilhos

Foto: Divulgaç]ao/Skyrail Bahia

O diretor da chinesa BYD (Build Your Dreams) no Brasil, Alexandre Liu, disse que o Consórcio Skyrail Bahia (formado pela sua empresa e pela Metrogreen) tem até o dia 10 de outubro para assinar o contrato de Parceria Público-Privada do leilão do monotrilho de Salvador, um negócio de R$ 1,5 bilhão. A Comissão de Licitação da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) da Bahia publicou o resultado dia 8 de agosto no Diário Oficial. A previsão dada pelo diretor da BYD é que o sistema entre em operação em um prazo de 28 meses contados a partir da assinatura do contrato.


Liu disse que já foi dado início ao processo de constituição da SPE (Sociedade de Propósito Específico) e que se trata de um projeto muito importante para a BYD. “Vamos fazer esse negócio dar certo”. Segundo ele, a maior dificuldade diz respeito à documentação. “São duas culturas diferentes e tudo tem que ser traduzido da China. É um processo bem trabalhoso”.


“O sistema trará uma substancial melhoria na qualidade do transporte público e no cotidiano das pessoas por meio da redução dos tempos de viagens, conforto e segurança proporcionados pelo novo sistema”, diz Eduardo Copello, presidente da CTB (Companhia de Trens da Bahia).